img_1159

1ª Feira FEBIEX

No último domingo, 10/11, a Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional (FEPE) esteve presente na 1ª Feira da Federação Estadual das Instituições de Reabilitação no Estado do Paraná (FEBIEX). A feira foi realizada na Praça Nossa Senhora da Salete, das 10h às 17h, com o objetivo de promover a visibilidade das escolas especiais para a população da cidade.

Ao todo, 12 escolas foram convidadas a participar divulgando seus trabalhos e realizando a venda de produtos. A FEPE marcou presença no evento divulgando as ações ofertadas aos alunos da Escola Ecumênica e vendendo bolo gelado, empadão e bolachas natalinas. Todos os itens foram produzidos pela equipe de cozinheiras da instituição. “Foi um momento de muita alegria e diversão. Mesmo com a chuva nos tivemos a oportunidade de mostrar um pouco do trabalho que realizamos para os nossos alunos”, afirma a diretora da escola ecumênica, Dinéia Urbanek.

a4

FEPE NOEL 2019

O natal está quase chegando e com ele a Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional está promovendo a campanha FEPE NOEL. Serão sorteados, no dia 17 de dezembro, três prêmios, são eles: 1º prêmio: uma moto HONDA CG Start ano 2019; 2º prêmio: uma TV 49’’; 3º prêmio: uma bicicleta.
O valor da Rifa é de R$ 5,00 e para adquirir o seu bilhete, basta falar com algum dos colaboradores da FEPE, nos enviar uma mensagem pelo Facebook ou entrar em contato pelos telefones (41) 3111-1850 e/ou (41) 98413-9823. Lembrando que toda a verba arrecadada com as vendas será revertida para a manutenção dos atendimentos clínicos e educacionais, além promover uma linda festa de natal para mais de 320 alunos.

1x140

whatsapp-image-2019-10-28-at-16-23-10-3

Aluna da FEPE vence o concurso de Miss Estrela Curitibana

Na tarde do último domingo, 27 de outubro, a aluna da escola Ecumênica da FEPE, Giovanna Oliveira de Souza, ganhou o 1º Concurso Miss Estrela Curitibana, realizado no Salão Azul no Clube Curitibano. Ao todo, oito meninas concorreram pelo título.

O concurso faz parte do projeto “Eu Tenho Nome”, e tem o objetivo de promover a visibilidade das pessoas com deficiência em Curitiba. Para a idealizadora do evento, Fernanda Bruni, foi uma tarde muito especial. “Esse evento é muito importante, principalmente para as meninas, pois nós damos a elas o sentimento de inclusão na sociedade. Com isso, elas aprendem que são iguais e que podem realizar qualquer tipo de atividade”, afirma.

Para a família, foi um momento muito especial. “Poder ver a minha filha participando e ganhando foi algo incrível. Ela estava lá pra se divertir e a sua simplicidade e alegria fez dela vitoriosa.”, comenta a mãe de Giovanna, Josiane Christine.

 

img_9353

Arte na Escola

Do dia 23 até 27 de setembro, a escola da Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional realizou a Semana da Ciência, Cultura e Arte. Realizado todos os anos, o projeto tem como objetivo compartilhar os trabalhos pedagógicos desenvolvidos pelos alunos.

Os temas são definidos em meados de fevereiro e o tema desse ano foi “Literatura”. Foram trabalhados com os estudantes obras do cartunista Maurício de Souza e da escritora Marilza Conceição, a qual também esteve presente na Semana falando um pouco do seu novo livro “Amarelo”. O primeiro dia foi agraciado com a presença do violoncelista Gustavo Correa que acompanhado da professora Margareth Correa, no piano, trouxeram um pouco da música clássica para os estudantes.

Durante a semana, foram desenvolvidas uma série de atividades como salas ambientes, onde os alunos puderam vivenciar “Roda de Viola Caipira”; “Fábulas”; Alice no País das Maravilhas” e uma releitura das obras dos pintores Albert Eckhout e Édouard Manet. Também foram realizados jogos de alfabetização, produzidos pelos alunos do ensino fundamental e EJA, como quebra-cabeças, jogo da memória e 7 erros.

Os professores organizaram uma sala de jogos interativos, com videogames de várias épocas, contanto um pouco sobre a evolução dos aparelhos. Os alunos deram um show de apresentação com a peça de teatro “Bom dia Todas as cores”, da autora Ruth Rocha, e com o musical “A arca de Noé” que contou um pouco da história da maior Arca já construída.

Todo o cenário e vestimenta dos alunos foram produzidos pela equipe de professoras e atendentes da escola, com materiais recicláveis. Esse projeto compartilha com a política de reaproveitamento de resíduos que rendeu para FEPE o prêmio SESI ODS 2019 de boas práticas.

“A Semana da Ciência, Cultura e Arte é uma grande demonstração de expressão cultural e da possibilidade pedagógica por meio das linguagens artísticas. Essa ação possibilita aos alunos propostas diferenciadas e oportuniza a toda comunidade escolar o compartilhamento educativo”, afirma a vice-diretora da escola ecumênica, Heloane Sozzi.

 

whatsapp-image-2019-09-17-at-10-47-18-1

FEPE participa da XIII Conferência Municipal de Assistência Social

A Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional – FEPE – está participando da XIII Conferência Municipal de Assistência Social, promovida pelo Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) e a Fundação de Ação Social (FAS). O evento está sendo realizado na universidade Positivo e vai até o dia 18 de setembro.

O tema desse ano é: “Assistência social: direito do povo com financiamento público e participação social”. A conferência tem como objetivo avaliar e propor diretrizes para o aperfeiçoamento do Sistema Único de Assistência Social (Suas) em Curitiba. A FEPE está sendo representada pelas assistentes sociais da Escola Ecumênica, Roseli Ribas e Maria Silvério.

fabio-marcassa

Morre o ex-presidente da FEPE, Fábio Marcassa, aos 50 anos, em Curitiba

O ex-presidente da Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional (FEPE), o Sr. Fábio Marcassa, faleceu, no último domingo, 08/09, em Curitiba, devido a problemas de saúde. Fábio tinha 50 anos e atuou como presidente da instituição no período de 2011 a 2018, dedicando a sua vida pela causa das pessoas com deficiência intelectual no estado do Paraná.

Dentre as ações desenvolvidas durante o mandato de Fábio Marcassa, destacam-se: A parceria com o Estado de Santa Cataria, como Laboratório Especializado em Triagem Neonatal realizando o Teste do Pezinho nas crianças catarinenses; a ampliação do laboratório da FEPE, que proporcionou um aumento na capacidade de exames do Teste do Pezinho e da Mãezinha realizados pela instituição. O convênio com o Hospital de Clínicas da UFPR que permitiu que os pacientes, até então atendidos no ambulatório da FEPE, fossem atendidos também no HC; e a unificação da Escola Juril Carnasciali e a Escola Ecumênica na sede do Jardim Botânico, que facilitou o deslocamento dos estudantes e uma organização administrativa mais diretiva e eficiente.

O atual presidente da FEPE, Alexandro Luiz Barbosa, lamentou a morte do ex-presidente. “Neste momento de dor e sofrimento nós da FEPE demonstramos os nossos mais sinceros sentimento de condolência aos familiares. Sabemos que, neste momento difícil, a família necessita de todo o apoio e nos colocamos a disposição para o que for possível. Que Deus conforte os seus corações”.

img_7272

FEPE recebe o Prêmio SESI ODS 2019

A Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional – FEPE – recebeu na tarde do dia 05/09, quinta-feira, o Prêmio SESI ODS 2019. Oferecido pelo Sistema Fiep, por meio do SESI Paraná, a premiação tem o objetivo de reconhecer os melhores trabalhos da indústria, empresas, poder público, organizações da sociedade civil e instituições de ensino, que trabalham para alcançar os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que fazem parte de um protocolo assinado em 2015, por 193 países, durante a assembléia geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

A FEPE foi premiada na categoria Organização da Sociedade Civil – Estadual, com o projeto “Controle e reaproveitamento de Resíduos da FEPE”, que visa alinhar o reaproveitamento de materiais recicláveis, produzidos pela instituição, pelos alunos da Escola Ecumênica nas atividades educacionais e sociocupacionais, contemplando a ação contra as mudanças globais do clima propostas no ODS 13.

A entidade também foi premiada com o Selo SESI ODS – 2019, que certifica às instituições que se comprometem a adotar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável a serem alcançados até 2030. Estavam presentes para receber o prêmio o presidente da FEPE, Alexandro Luiz Barbosa, a coordenadora de projetos, Claudiane Pikes e o responsável pelo setor ambiental, Yuri Sica.

“É uma grande honra para a instituição receber um prêmio dessa magnitude. Essa certificação é a comprovação de que o trabalho realizado pela FEPE, na parte de gestão ambiental, tem trazido resultados positivos na vida dos nossos alunos e funcionários. Esse troféu é de todos nós”, afirma Alexandro Luiz Barbosa.

 

img_6405

Semana da Pessoa com Deficiência

A Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla ocorre entre os dias de 21 a 28 de agosto com o objetivo de promover debates que provoquem na sociedade a reflexão sobre a igualdade e inclusão. A campanha é promovida pela APAE e o tema desse ano foi: “Família e pessoa com deficiência, protagonistas na implementação das políticas públicas”, confirmando que a participação da família, em todas as etapas da vida do filho, é importante para o seu desenvolvimento pessoal e escolar.

É claro que a Escola da FEPE não iria deixar essa importante data passar em branco. Durante toda a semana, foram realizadas com os estudantes atividades com o objetivo de demonstrar aos alunos o respeito e a inclusão de todos os tipos de deficiências. As equipes de profissionais da escola prepararam uma semana repleta de atividades de estimulação sensorial e de habilidades.

Os alunos participaram de atividades com jogos, show de talentos e circuito de habilidades, onde os alunos tiveram a oportunidade de conhecer a realidade de deslocamento da pessoa com deficiência visual.

O ponto alto da comemoração foi o Show de Talentos, onde os estudantes puderam demonstrar todas as suas habilidades com músicas, danças, poesias e instrumentos musicais. “Essa é uma semana muito importante, não apenas para os alunos, mas também para os profissionais. É uma semana em que eles podem sair da rotina e se divertirem, mas que ao mesmo tempo, ensina sobre a inclusão e respeito ao próximo”, afirma a diretora da Escola Ecumênica, Dinéia Urbanek.

 

30

Alunos da FEPE participam dos Jogos Escolares em Foz do Iguaçu

Um grupo de 12 alunos da FEPE viajou na última sexta-feira, dia 02, para Foz do Iguaçu, para participar da fase final da 66ª edição dos Jogos Escolares do Paraná (JEPS). Os alunos foram acompanhados dos professores de Educação Física Adilson Junior e Sandra Blogoslawski e ficarão na cidade até dia 10 de agosto competindo nos jogos.

Os fepeanos participam das modalidades de atletismo, futsal e arremesso de peso, na categoria para Pessoas com Deficiência.

E já tem medalhas chegando… Confira os alunos que já foram vencedores em suas categorias:

📌 Carlos Rodrigo Floriani
1º lugar – Salto em Distância T38
2º lugar – 100m rasos T38
.
📌 Gabriel do Nascimento Monteiro
1º lugar – 100m rasos em Cadeira de Rodas T33
2º lugar – Arremesso de Peso F33
.
📌 Guilherme Henrique Collodel da Veiga
3º lugar – Arremesso de Peso F37
.
📌 Silvio Medeiros Jeronimo
1º lugar – Arremesso de Peso F36

📌 Equipe de Futsal Feminino
5º lugar

ongtransparente

FEPE recebe o Selo ONG Transparente

Nesta segunda-feira, 22/07, a Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional recebeu o Selo ONG Transparente, disponibilizado pelo Instituto Doar.  Esse selo é entregue apenas paras as instituições que, por meio do seu site, divulgam informações que atestam a sua transparência.

Atualmente, para a obtenção do Selo, é preciso que a instituição atenda aos 10 critérios do selo ONG Transparente, exigidos pelo Instituto, são eles: Página do Facebook; Página de Contato; Página de Doação; Missão; Projetos e Ações; Diretoria e Conselho, Área Geográfica; Estatuto; Relatórios Anuais e Demonstrações Contábeis. Todas essas informações podem ser encontradas com facilidade no site da FEPE.

O Instituto Doar, nasceu em 2013, durante o evento ONG Brasil e tem como objetivo ampliar a cultura da doação no país e no mundo. Para o presidente da FEPE “Receber esse selo é muito gratificante pois reforça o comprometimento e a credibilidade que a instituição tem com a transparência em todas as suas áreas de atuação”, afirma Alexandro Luiz Barbosa