30

Alunos da FEPE participam dos Jogos Escolares em Foz do Iguaçu

Um grupo de 12 alunos da FEPE viajou na última sexta-feira, dia 02, para Foz do Iguaçu, para participar da fase final da 66ª edição dos Jogos Escolares do Paraná (JEPS). Os alunos foram acompanhados dos professores de Educação Física Adilson Junior e Sandra Blogoslawski e ficarão na cidade até dia 10 de agosto competindo nos jogos.

Os fepeanos participam das modalidades de atletismo, futsal e arremesso de peso, na categoria para Pessoas com Deficiência.

E já tem medalhas chegando… Confira os alunos que já foram vencedores em suas categorias:

📌 Carlos Rodrigo Floriani
1º lugar – Salto em Distância T38
2º lugar – 100m rasos T38
.
📌 Gabriel do Nascimento Monteiro
1º lugar – 100m rasos em Cadeira de Rodas T33
2º lugar – Arremesso de Peso F33
.
📌 Guilherme Henrique Collodel da Veiga
3º lugar – Arremesso de Peso F37
.
📌 Silvio Medeiros Jeronimo
1º lugar – Arremesso de Peso F36

📌 Equipe de Futsal Feminino
5º lugar

ongtransparente

FEPE recebe o Selo ONG Transparente

Nesta segunda-feira, 22/07, a Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional recebeu o Selo ONG Transparente, disponibilizado pelo Instituto Doar.  Esse selo é entregue apenas paras as instituições que, por meio do seu site, divulgam informações que atestam a sua transparência.

Atualmente, para a obtenção do Selo, é preciso que a instituição atenda aos 10 critérios do selo ONG Transparente, exigidos pelo Instituto, são eles: Página do Facebook; Página de Contato; Página de Doação; Missão; Projetos e Ações; Diretoria e Conselho, Área Geográfica; Estatuto; Relatórios Anuais e Demonstrações Contábeis. Todas essas informações podem ser encontradas com facilidade no site da FEPE.

O Instituto Doar, nasceu em 2013, durante o evento ONG Brasil e tem como objetivo ampliar a cultura da doação no país e no mundo. Para o presidente da FEPE “Receber esse selo é muito gratificante pois reforça o comprometimento e a credibilidade que a instituição tem com a transparência em todas as suas áreas de atuação”, afirma Alexandro Luiz Barbosa

Momento da Entrega do Cheque ao presidente da FEPE, Alexandro Luiz Barbosa

FEPE recebe cheque da Rede Solidária

Na tarde desta quarta-feira, 10 de junho, a Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional (FEPE), recebeu, no Salão Nobre da instituição, os parceiros da Associação Rede Solidária e os representantes das instituições beneficiadas para a entrega do cheque simbólico.

A Associação Rede Solidária é formada por dez imobiliárias de Curitiba que, desde 2006, realizam um bazar beneficente que destina todo o valor adquirido com a venda dos produtos à projetos apresentados por quatro instituições sociais, são elas:  Afece,  Hospital Pequeno Príncipe, Sociedade de Socorro aos Necessitados e a FEPE.

Após a cerimônia de entrega do cheque às instituições, todos foram convidados a assistir duas apresentações organizadas pelos professores e alunos da escola.  A apresentação “Chico Bento”, baseada na obra do cartunista Maurício de Souza e a dança “Anunciação” que traz a visão de um futuro ainda melhor para a instituição. Ao final do evento foi realizado um delicioso café produzido pela equipe de cozinheiras da FEPE.

O projeto da FEPE financiado pela Rede Solidária, intitulado “Acessibilidade”, tem como proposta a reforma de dois banheiros convencionais e trocadores, bem como a construção de um banheiro adaptado, garantindo assim um atendimento mais confortável para os alunos da Escola Ecumênica.

img_3905

Arraiá da FEPE

No sábado, 06 de julho, a Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional (FEPE) realizou a sua tradicional Festa Junina, com o tema especial em comemoração aos 60 anos da instituição. Todo o ambiente foi preparado com bandeirinhas, balões, chapéus de palha e outros itens típicos da festa.

O evento também contou com barraquinhas de comidas e brincadeiras típicas dessa época do ano, como quentão, pipoca, cachorro-quente, minipizza, milho verde, canjica, pinhão, pescaria, boca do palhaço e bola na lata.

O momento mais esperado do dia foi a apresentação das danças preparadas pelos profissionais e alunos da Escola Ecumênica. O objetivo desse ano foi realizar uma viagem pela história da instituição. As performances foram divididas em três blocos que representam o passado, presente e futuro da FEPE.

Foram abordados os seguintes temas: “Teste do Pezinho – Um prova de amor”; que celebrou a criação do Centro de Pesquisas da FEPE. A apresentação “Resgate de Projetos” contou com as danças “Circo”; “Boneca” e “La Bela Polenta”; que relembraram alguns momentos especiais da Escola Ecumênica.

Na apresentação “Esportes”, foi lembrada a conquista da aluna Jéssica Ananias que participou da competição de patins de velocidade na cidade de Xangai, na China, no ano de 2007. Outro grande marco, abordado na apresentação, foi à conquista dos estudantes que seguem na fase final da 66º dos Jogos Escolares do Paraná, que ocorrerá em Foz do Iguaçu.

Chegando à atualidade, foram homenageados os trabalhos pedagógicos, realizados em sala de aula com os estudantes, com a apresentação “Seu Lobato – Qual é a Letra do seu Nome”.

A apresentação “Transformando Vidas” teve o objetivo de fazer um convite aos espectadores, para que participem da história da fundação, mostrando o quão alegre e divertida é a vida do lado de cá da história.

Com as aulas de literatura, os estudantes puderam conhecer um pouco mais sobre a obra do cartunista Maurício de Souza. A apresentação “Chico Bento” mostrou um pouco da cultura caipira aprendida em sala de aula.

Visando a chegada de grandes realizações, a apresentação “Anunciação” trouxe uma visão de um futuro ainda melhor para a escola e os alunos. E por fim, a dança “Matrix” mostrou que esse futuro pode ser construído com tecnologia, já que, hoje, ela faz parte da nossa realidade.

A festa que foi preparada para os alunos e familiares, também contou com a participação da comunidade. “O movimento da festa nos surpreendeu. Ficamos muito felizes por todos que vieram prestigiar os nossos alunos. Foi uma dedicação de cem por cento da equipe que trouxe um retorno positivo para a instituição”, comenta a diretora da escola Dinéia Urbanek.

“É um momento de muita celebração e alegria. Nós realizamos essa festa para que os alunos se divirtam e os pais possam apreciar os trabalhos que os nossos profissionais realizam com seus filhos”, afirma o presidente Alexandro Luiz Barbosa.

 

ratinho2

FEPE assina convênio com a Secretária de Educação

Na manhã desta terça-feira, 02/07, a Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional (FEPE) participou da cerimônia de solenidade do Termo Aditivo para a renovação do convênio com a Secretária de Educação do Estado do Paraná (SEED), realizada no Palácio Iguaçu, sede do Governo do Estado.

O evento contou com a presença do Governador do Paraná, Ratinho Junior, que presidiu a cerimônia de assinatura. A FEPE foi representada pelo presidente da instituição, Alexandro Luiz Barbosa, pela Diretora da Escola Ecumênica, Dinéia Urbanek Rusche Jorge e a Vice-Diretora, Heloane Sozzi. “Esse convênio garante a continuidade das escolas especiais em todo o estado”, afirma Dinéia.

O presidente da FEPE também reforçou a importância do convênio com a SEED. “Graças a ele podemos garantir e fortalecer o atendimento especializado para os nossos estudantes”, comenta Alexandro.

 

O presidente da FEPE, Alexandro Luiz Barbosa, o governador do Paraná, Ratinho Junior, e a diretora da escola ecumênica, Dinéia Urbanek

O presidente da FEPE, Alexandro Luiz Barbosa, o governador do Paraná, Ratinho Junior, e a diretora da escola ecumênica, Dinéia Urbanek

 

img_2786

FEPE realiza evento em parceria com a SESA

Na tarde dessa terça-feira, 26/06, a Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional (FEPE), realizou, em parceria com a Secretária Estadual de Saúde do Estado do Paraná (SESA) em comemoração a campanha Junho Lilás, um evento de capacitação com o objetivo de reforçar a importância da realização do Teste do Pezinho no Estado.

O evento contou com a presença dos profissionais dos municípios da 1ª, 2ª e 3ª regional de saúde que tiveram a oportunidade de conhecer, discutir e tirar dúvidas sobre os desafios da saúde preventiva, com palestras ministradas por profissionais de renome dentro da Triagem Neonatal em nosso Estado.

Foram tratados assuntos como: O Programa de Triagem Neonatal, com a Dra. Iolanda Novadzki; Teste do Pezinho (Coleta, Transporte e Interferentes no diagnóstico laboratorial), com a Coordenadora do Laboratório, Mouseline Torquato Domingos; Sistema de Busca Ativa, com a Assistente Social Adriane Champoski; Fenilcetonúria e Deficiência de Biotinidase, com a Dra. Ivy Furtado; Hemoglobinopatias, com a Dra. Débora Camargo; Fibrose Cística, com o Dr. Carlos Riedi; Hipotireoidismo Congênito, com a Dra. Marcella Rabassi e Hiperplasia Adrenal Congênita, com o Dra. Gabriela Kraemer.

Também foi ofertada uma visita guiada ao laboratório da FEPE, onde os participantes puderam conhecer na prática como é feita a análise das coletas que chegam dos Hospitais e unidades de saúde de todo o Estado.

f3

Reunião com a FEBIEX

Hoje, 26/06, a Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional (FEPE), sediou, no período da manhã, a reunião mensal da Federação Estadual das Instituições de Reabilitação no Estado do Paraná (FEBIEX).

O evento contou com a presença do diretor da FEBIEX, Benedito Carlos Basseti e da coordenadora pedagógica, Claudia Camargo Saldanha, representando o Departamento de Educação Especial da Secretária de Estado de Educação (SEED). Estavam presentes para a reunião os pedagogos, diretores e presidentes das instituições filiadas a FEBIEX.

Na reunião, foram tratados assuntos importantes para a educação especial, como por exemplo, esclarecimentos gerais sobre o novo convênio das escolas especiais com a SEED; licitação do SUS; determinações da Fundação de Ação Social (FAS) e a nova Proposta Pedagógica para as Escolas Especiais do Estado.

Para a diretora da Escola Ecumênica, Dinéia Urbanek, a realização da reunião é de extrema importância, pois, os assuntos tratados definem todas as ações da escola.

img_2587

Mangáutismo

Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional realizou, nesta quarta-feira, 12/06, no período da tarde, uma roda de conversa sobre o autismo, que contou com a presença do autor do mangá “Mangáutismo”, Masato Uno, acompanhado da mãe, Rosangela Hiromi Mashima.

O evento ocorreu no Salão nobre da Escola Ecumênica e foi aberta para os pais e familiares dos estudantes. A mãe do autor dividiu um pouco da sua experiência com o filho autista e como o incentivou na criação do mangá. Os pais dos alunos puderam tirar algumas dúvidas sobre o tema, além de dividir suas experiências.

No final do evento, Masato realizou uma sessão de autógrafos para quem adquirisse o mangá. A escola também preparou para os convidados um delicioso café, organizado pela equipe de cozinheiras da FEPE.

 

01

Junho Lilás: O Mês do Teste do Pezinho

O Dia Nacional do Teste do Pezinho é festejado na data de 6 de junho em todo o Brasil, em comemoração à criação do Programa Nacional de Triagem Neonatal (PNTN) pelo Ministério da Saúde, em 2001, o qual prevê o diagnóstico precoce e tratamento pelo SUS de doenças graves no recém-nascido.

A campanha “Junho Lilás” foi instaurada pela União Nacional dos Serviços de Referência em Triagem Neonatal (UNISERT) a fim de fortalecer esse importante programa. No Paraná, a Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional (FEPE) é a única instituição credenciada pela Secretaria de Saúde do Estado para a realização do PNTN.

O Teste do Pezinho é um exame realizado a partir do sangue coletado, preferencialmente, do pé do recém-nascido. Por meio dele, é possível detectar, de maneira efetiva, algumas doenças genéticas ou metabólicas que podem comprometer a saúde da criança.

Atualmente, o Teste do Pezinho é obrigatório em todo o território nacional. Na FEPE, é disponibilizado aos bebês o diagnóstico precoce, tratamento e acompanhamento, totalmente gratuitos, para as seguintes doenças: Fenilcetonúria, Hipotireoidismo Congênito, Fibrose Cística, Anemia Falciforme e outras hemoglobinopatias, Deficiência de Biotinidase, Hiperplasia Adrenal Congênita e outros cinco distúrbios de oxidação de ácidos graxos.

Além do Teste do Pezinho, o PNTN proporciona exames confirmatórios gratuitos para o recém-nascido, como por exemplo, o Teste do Suor, considerado padrão ouro na confirmação da Fibrose Cística.

As amostras de sangue coletadas nas Maternidades e Unidades de Saúde são encaminhadas para análise laboratorial na FEPE.  Atualmente, são triados mensalmente mais de 17 mil recém-nascidos no Estado. No ano de 2018, a instituição realizou 1.043.862 testes do Pezinho e 667 testes do suor.

Os casos suspeitos são encaminhados para consultas e exames confirmatórios pelo SUS, no ambulatório especializado da FEPE ou nos hospitais parceiros, onde atuam profissionais da Fundação.

Esse ano, o PNTN completa 18 anos. O objetivo da campanha é conscientizar a população sobre a importância da realização do teste nos primeiros dias de vida do bebê. A cor lilás foi escolhida com o intuito de representar tranquilidade e transformação.

Na última quinta-feira, 06/06, os funcionários do Laboratório e Ambulatório da FEPE, foram homenageados durante a comemoração do dia Nacional do Teste do Pezinho. Durante a Cerimônia a Coordenadora do Serviço de Referência em Triagem Neonatal do Paraná, Mouseline Torquato, falou sobre a importância do programa para os recém-nascidos e agradeceu a todos os colaboradores pelo trabalho de excelência.

O Presidente da instituição, Alexandro Luiz Barbosa, também parabenizou os funcionários do Laboratório pelo trabalho realizado e ressaltou a importância que isso tem para a história da FEPE. Os colaboradores foram presenteados com uma camiseta personalizada nas cores da campanha e um almoço especial acompanhado de um bolo especial.

A instituição contou com o apoio da Prefeitura Municipal de Curitiba, que iluminou, com a cor lilás, o prédio da Praça do Japão, na semana do dia 06/06. O Hard Rock Cafe, também aderiu a campanha e iluminou a sua fachada na terça-feira, 11/06.

img_1781

Alunos da FEPE marcam presença nos Jogos Escolares

Os alunos da Escola Ecumênica da FEPE participaram nos dias 24 e 27 de maio da 66° Edição dos jogos Escolares do Paraná. No primeiro dia, os estudantes competiram no atletismo e trouxeram o ouro para casa.

Os participantes concorreram em diversas modalidades, na categoria para atletas com deficiência (ACD), foram elas: Corrida em cadeira de rodas; Arremesso de Pelota; Arremesso de Peso; Salto em Distância e Corrida. As competições ocorreram na pista de atletismo da Universidade Positivo, no dia 24/05, nos períodos da manhã e tarde.

No dia 27/05, os estudantes participaram do futsal realizado na quadra de esportes da UniBrasil. O time feminino ganhou a primeira partida contra a escola Mercedes Estresser por 7×1, enquanto o time masculino perdeu, para a mesma escola, por 2×0.

Os times da FEPE ainda têm dois jogos programados para essa semana. Os próximas partidas acontecerão nos dias 28 e 29, no salão de esportes da UniBrasil no período da tarde a partir das 14h.

A lista oficial com todos os medalhistas será divulgada em breve no site da FEPE e no Facebook.