selosesiods-2020

Fepe recebe o Selo Sesi ODS – 2020

Pelo quarto ano consecutivo, a Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional – Fepe – recebeu o Selo Sesi ODS – 2020. Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) fazem parte do protocolo, assinado em 2015, por 193 países, durante a assembléia geral da Organização das Nações Unidas (ONU). O Selo é entregue aos melhores trabalhos da indústria, empresas, poder público, organização da sociedade civil e instituições de ensino.

A instituição  foi premiada na categoria Saúde e Bem-Estar (ODS3) com a prática “Proteção Social, instrumento de prevenção da Covid-19”, que tem como objetivo garantir orientação e apoio à pessoa com deficiência e a seus familiares a fim de reduzir a exposição ao Coronavírus, minimizando o impacto da pandemia na vida cotidiana e financeira familiar.

“Essa é uma grande conquista para a Fepe, pois, reforça o comprometimento que a instituição tem em melhorar, não apenas a vida dos nossos alunos, mas também, a de seus familiares. Meus parabéns a toda equipe envolvida nesse projeto”, afirma o Presidente da Diretoria Executiva da Fepe, Alexandro Luiz Barbosa.

CORONAVÍRUS X RECOLETA

De acordo com as recomendações do Governo do Estado do Paraná a Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional – Fepe – reforça as medidas de prevenção do novo Cornavírus (COVID-19) seguindo as orientações estabelecidas pelo Ministério da Saúde. Deste modo, a equipe do Centro de Pesquisas Fepe vem por meio deste solicitar atenção especial e cuidado redobrado em todas as coletas com o intuito de evitar que a família retorne as unidades de saúde.

 

Orientações básicas:

Solicitamos aos profissionais que fazem a coleta do Teste do Pezinho que preencham adequadamente o papel filtro com o sangue o qual deve saturar/ “encharcar” / absorver totalmente o sangue.

  1. Não gire a ficha durante a coleta como se estivesse “pintando” ambos os lados do papel filtro. Isso é errado e não será possível realizar o teste.
  2. Se escolher um dos lados do papel filtro (frente ou o verso) coloque o sangue sempre no lado que escolheu, “encharcando” o papel filtro, até que fique totalmente visível do outro lado.
  3. O sangue para o Teste do Pezinho pode ser venoso ou arterial, então se tiver dificuldade na coleta por meio da punção do pezinho com a lanceta apropriada, peça auxílio a um profissional habilitado para a punção venosa ou arterial com o dispositivo adequado para este procedimento.
  4. Goteje o sangue no papel filtro.
  5. O sangue pode sair do círculo. Não tem problema! O círculo serve apenas como orientação do mínimo necessário. Sature com sangue um círculo de cada vez!

Lembre-se: Esses cuidados são de extrema importância para a saúde dos nossos recém-nascidos. Ajude a promover a prevenção