whatsapp-image-2019-10-28-at-16-23-10-3

Aluna da FEPE vence o concurso de Miss Estrela Curitibana

Na tarde do último domingo, 27 de outubro, a aluna da escola Ecumênica da FEPE, Giovanna Oliveira de Souza, ganhou o 1º Concurso Miss Estrela Curitibana, realizado no Salão Azul no Clube Curitibano. Ao todo, oito meninas concorreram pelo título.

O concurso faz parte do projeto “Eu Tenho Nome”, e tem o objetivo de promover a visibilidade das pessoas com deficiência em Curitiba. Para a idealizadora do evento, Fernanda Bruni, foi uma tarde muito especial. “Esse evento é muito importante, principalmente para as meninas, pois nós damos a elas o sentimento de inclusão na sociedade. Com isso, elas aprendem que são iguais e que podem realizar qualquer tipo de atividade”, afirma.

Para a família, foi um momento muito especial. “Poder ver a minha filha participando e ganhando foi algo incrível. Ela estava lá pra se divertir e a sua simplicidade e alegria fez dela vitoriosa.”, comenta a mãe de Giovanna, Josiane Christine.

 

img_2587

Mangáutismo

Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional realizou, nesta quarta-feira, 12/06, no período da tarde, uma roda de conversa sobre o autismo, que contou com a presença do autor do mangá “Mangáutismo”, Masato Uno, acompanhado da mãe, Rosangela Hiromi Mashima.

O evento ocorreu no Salão nobre da Escola Ecumênica e foi aberta para os pais e familiares dos estudantes. A mãe do autor dividiu um pouco da sua experiência com o filho autista e como o incentivou na criação do mangá. Os pais dos alunos puderam tirar algumas dúvidas sobre o tema, além de dividir suas experiências.

No final do evento, Masato realizou uma sessão de autógrafos para quem adquirisse o mangá. A escola também preparou para os convidados um delicioso café, organizado pela equipe de cozinheiras da FEPE.

 

img_1138

Reeducação Alimentar

A Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional realizou, nesta quinta-feira, 16/05, em dois períodos, manhã e tarde, uma palestra exclusiva para os pais e familiares dos alunos a respeito dos 10 passos para uma alimentação saudável.

A palestra faz parte de um trabalho que vem sendo realizado, desde o começo do ano, pela coordenadora nutricional da instituição, Elaine Stadler Riz. O objetivo foi demonstrar aos familiares dos alunos a importância e os benefícios que a alimentação saudável pode proporcionar.

Parte do projeto foi realizar algumas alterações no cardápio escolar, com o intuito de introduzir a alimentação saudável na rotina dos estudantes.  “A reeducação alimentar escolar foi o inicio do projeto. Nós também substituímos alguns alimentos por outros mais saudáveis. Agora, precisamos do apoio familiar para que esse projeto continue”, afirma Elaine.

Ao final da palestra, os pais foram convidados a tomar um café, produzido com ingredientes saudáveis. Os pais também receberam as receitas dos pratos servidos, para que possam dar continuidade ao projeto em casa. “Atitudes como essa reforça o comprometimento que a Fundação tem com a saúde dos estudantes. Uma alimentação mais saudável é a base para melhorar a qualidade de vida das nossas crianças”, afirma o presidente da instituição Alexandro Luiz Barbosa.