00

Escola da Fepe mantém aulas e atendimentos à distância

Sabemos que nesse momento de isolamento social é extremamente difícil tornar-se criativo e manter atividades que prendam a atenção dos filhos. Mesmo com as aulas on-line, é muito desafiador fazer com que as crianças não fiquem entediadas com a rotina em casa. E para as crianças, jovens e adultos com Deficiência Intelectual e Múltipla, esse processo é um pouco mais trabalhoso.

Atualmente, os alunos da escola da Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional (Fepe), têm participado das aulas on-line, que abrangem e seguem o planejamento realizado no início do ano pela equipe pedagógica. As tarefas são postadas diariamente e os pais devem auxiliar os filhos na realização das atividades. Quando terminadas, são enviadas para que os professores possam realizar as correções. “Esse tem sido um processo totalmente novo e desafiador, tanto para os professores, quanto para os familiares. Nunca passamos por uma situação dessas, então, é extremamente importante que os pais tornem-se nossos parceiros e nos auxiliem nesse novo modelo de ensino” comenta a diretora da Escola Ecumênica, Dinéia Urbanek.

Outros serviços importantes realizados na Fepe são os do Ambulatório Multidisciplinar, que, mesmo à distância, buscam continuar melhorando a qualidade de vida dos alunos. A equipe do Serviço Social tem realizado atendimentos diários com as famílias que necessitam de auxílio.

A equipe de psicólogas da Fepe tem realizado atendimentos entre os pais e alunos. Essa conversa, juntamente com as atividades escolares, tem garantido que o processo de interação social, educação, comportamento e reabilitação dos estudantes não sejam prejudicados durante esse período de quarentena.

Os serviços de Fonoaudiologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional continuam sendo realizados com atendimentos on-line, onde as equipes de profissionais dão dicas e orientações da maneira correta da realização dos exercícios e atividades que os pais podem realizar em casa com seus filhos.

“A FEPE tem trabalhado incansavelmente com o objetivo de garantir a educação e o atendimento clínico de qualidade para os estudantes. Nesse momento, pedimos que os pais fiquem em casa e participem das atividades propostas pela nossa esquipe de profissionais. É muito importante que esse processo não seja interrompido, pois, quando tudo isso passar, estaremos prontos para todos de volta com os braços abertos”, afirma o presidente da FEPE, Alexandro Luiz Barbosa.

 

Posted in Notícias recentes.