Setembro Roxo: Mês de conscientização da Fibrose Cística

Setembro é considerado o mês de conscientização da Fibrose Cística, doença genética conhecida como Doença do Beijo Salgado. Diagnosticada pelo Teste do Pezinho, por meio da punção no calcanhar do bebê, a Fibrose Cística afeta diversa órgãos, principalmente os pulmões e pâncreas, que se não tratada precocemente ocasiona complicações como doença respiratória crônica e desnutrição.

Graças ao tratamento as pessoas diagnosticadas com Fibrose Cística têm a possibilidade de ter uma qualidade de vida melhor. O teste coletado nos Hospitais e Unidades de Saúde é realizado pela Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional (Fepe) em todos os nascidos vivos do estado. Quando o bebê apresenta suspeita é encaminhado para a realização do Teste do Suor, considerado padrão ouro na detecção da doença.

Se confirmado, o paciente é encaminhado imediatamente para tratamento e acompanhamento médico e nutricional nos hospitais parceiros conveniados. Atualmente, existem 270 pacientes diagnosticados com Fibrose Cística realizando acompanhamento no Serviço de Referência do Paraná, em 2020 foram detectadas 12 crianças com a doença.

A Fepe é responsável pelo Serviço de Referência em Triagem Neonatal no Paraná e o Laboratório Especializado em Triagem Neonatal de Santa Catarina, auxiliando na prevenção e diagnóstico de doenças raras. Além de fazer os testes, o Programa de Triagem Neonatal tem o compromisso de realizar exames confirmatórios, tratamento e monitoramento dos pacientes diagnosticados.

Compatilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Imprimir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *