banner

Junho Lilás: Teste do Pezinho uma prova de amor

Todos os anos, no dia 06 de junho, é celebrado o Dia Nacional do Teste do Pezinho, comemorando a criação do Programa Nacional de Triagem Neonatal (PNTN) pelo Ministério da Saúde, em 2001.

A campanha “Junho Lilás” foi criada pela União Nacional dos Serviços de Referência em Triagem Neonatal (Unisert) com o objetivo de fortalecer e conscientizar a população a respeito desse importante programa. No Paraná, a Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional (Fepe) é a única instituição credenciada pela Secretaria de Saúde do Estado para a realização do PNTN. A cor lilás foi escolhida com o intuito de representar tranquilidade e transformação.

O foco desse ano, devido à pandemia de coronavírus, foi realizar uma divulgação mais direcionada aos veículos de comunicação e parcerias com blogueiras que abordam assuntos relacionados à maternidade. A FEPE foi destaque com matéria exibida pelo Jornal Band Cidade, no dia 05/06, e também em entrevistas, realizadas ao vivo por telefone, para as rádios CBN Curitiba e Transamérica, para o programa Ligth News, as quais a Coordenadora do Serviço de Referência em Triagem Neonatal, Mouseline Torquato Domingos, respondeu as dúvidas e falou sobre a importância do Teste do Pezinho.

O apoio recebido pelas blogueiras também foi de extrema importância para a divulgação da campanha. Foram criados Layouts para o Instagram, onde as Digitals influencers puderam divulgar o trabalho realizado pela instituição em suas contas na rede social. Esse ano, contamos com o apoio das seguintes blogueiras: Maria Freitas (@marifreitasefamilia); Jéssica Brambilla (@jehbrambilla); Eduarda Brentano (@e.brentano), além da postagem no Blog Mãe Mamãe da jornalista Cláudia Aline Divino, que trata de assuntos relacionados ao universo materno e infantil. Juntas as blogueiras possuem mais de 89 mil seguidores.

Em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado do Paraná (SESA) a Fepe também foi destaque em portais de comunicação pelo estado. Foram eles: Portal “Bonde” de Londrina e região; Portal “GCM Online” principal veículo de comunicação de Maringá e o Jornal “JB litoral”.

Sobre o Teste do Pezinho

O Teste do Pezinho é um exame realizado a partir do sangue coletado, preferencialmente, do pé do recém-nascido. Por meio dele, é possível detectar, de maneira efetiva, algumas doenças genéticas ou metabólicas que podem comprometer a saúde da criança.

A FEPE, como única instituição credenciada pela Secretaria de Saúde do Estado do Paraná (SESA) para realizar o PNTN, têm o compromisso de disponibilizar aos recém-nascidos o diagnóstico precoce, tratamento e acompanhamento, totalmente gratuitos, para as seguintes doenças: Fenilcetonúria, Hipotireoidismo Congênito, Fibrose Cística, Anemia Falciforme e outras hemoglobinopatias, Deficiência de Biotinidase, Hiperplasia Adrenal Congênita e outros cinco distúrbios de oxidação de ácidos graxos.

“É muito importante que o resultado do exame seja acompanhado pela família do recém-nascido. Essa é a única garantia para os pais de que a amostra de sangue coletada na maternidade realmente chegou e foi analisada pelo laboratório da Fepe”, reforça a Coordenadora do Serviço de Referência em Triagem Neonatal, Mouseline Torquato Domingos.

É apenas com essa gotinha de sangue que as crianças dos 399 municípios do Paraná têm acesso ao diagnóstico e tratamento das doenças, pelo Sistema Único de Saúde (SUS). No ano de 2019 a instituição realizou 1.022.370 Teste do Pezinho, chegando a triar mais de 170 mil recém-nascidos todos os meses.

19-06

Dia da Conscientização da Doença Falciforme

O dia 19 de junho é considerado o Dia da Conscientização da Doença Falciforme. Criada pela Organização das Nações Unidas – ONU, em 2008, a data tem como objetivo conscientizar a população a respeito dessa Doença Falciforme, também conhecida como Anemia Falciforme. Essa é uma das doenças hereditárias mais comuns no Brasil: ela consiste em uma alteração nos glóbulos vermelhos, que normalmente possuem formato arredondado e, neste caso, ficam com formato de “foice”, parecidos com uma meia lua.

Por conta do formato das hemoglobinas e por elas serem mais duras do que os glóbulos vermelhos normais, essas células tendem a se juntar, fazendo com que a movimentação nos vasos sanguíneos seja mais difícil, o que resulta na dificuldade do transporte de oxigênio para os órgãos. Na prática, essa dificuldade ocasionará crises de dor, cansaço, maior riscos de infecções, anemia crônica e icterícia, o famoso “amarelão”. No caso das gestantes, essa doença pode resultar em um parto prematuro do bebê, que poderá nascer com baixo peso, além da possibilidade de surgirem ou piorarem doenças no coração e no rim da gestante.

No mês de Junho, a Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional realiza a campanha Junho Lilás – o mês de conscientização do Teste do Pezinho. A FEPE, por meio do Serviço de Referência em Triagem Neonatal, realiza o Teste do Pezinho nos recém-nascidos de todo o Paraná, mas também realiza o “Teste da Mãezinha” para gestantes de todos os municípios do Estado.

O Teste da Mãezinha é realizado gratuitamente nas gestantes, sendo idealmente realizado no primeiro trimestre de gestação, e tem como objetivo detectar, prevenir e tratar a Anemia Falciforme, bem como a Talassemia Major. “A realização do Teste no primeiro trimestre da gravidez garante mais segurança para a mãe, para o feto e para o recém-nascido, pois permite que o tratamento seja realizado de forma breve, prevenindo crises de dor, infecções e até mesmo o parto prematuro. O Teste consiste na coleta de uma gota de sangue do dedo da gestante, que é depositada em papel filtro e analisada na Fundação Ecumênica”, comenta a Coordenadora do Serviço de Referência em Triagem Neonatal do Paraná, Mouseline Torquato Domingos.

Quanto antes for detectada a doença, mais cedo será possível a realização do tratamento da Anemia Falciforme, proporcionando uma melhor qualidade de vida para a mãe e para o feto. Por isso, a FEPE reitera a importância da realização do Teste da Mãezinha. Consulte a Unidade de Saúde mais próxima de sua casa e peça a realização deste teste tão importante.

img_2786

FEPE realiza evento em parceria com a SESA

Na tarde dessa terça-feira, 26/06, a Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional (FEPE), realizou, em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde do Estado do Paraná (SESA) em comemoração a campanha Junho Lilás, um evento de capacitação com o objetivo de reforçar a importância da realização do Teste do Pezinho no Estado.

O evento contou com a presença dos profissionais dos municípios da 1ª, 2ª e 3ª regional de saúde que tiveram a oportunidade de conhecer, discutir e tirar dúvidas sobre os desafios da saúde preventiva, com palestras ministradas por profissionais de renome dentro da Triagem Neonatal em nosso Estado.

Foram tratados assuntos como: O Programa de Triagem Neonatal, com a Dra. Iolanda Novadzki; Teste do Pezinho (Coleta, Transporte e Interferentes no diagnóstico laboratorial), com a Coordenadora do Laboratório, Mouseline Torquato Domingos; Sistema de Busca Ativa, com a Assistente Social Adriane Champoski; Fenilcetonúria e Deficiência de Biotinidase, com a Dra. Ivy Furtado; Hemoglobinopatias, com a Dra. Débora Camargo; Fibrose Cística, com o Dr. Carlos Riedi; Hipotireoidismo Congênito, com a Dra. Marcella Rabassi e Hiperplasia Adrenal Congênita, com o Dra. Gabriela Kraemer.

Também foi ofertada uma visita guiada ao laboratório da FEPE, onde os participantes puderam conhecer na prática como é feita a análise das coletas que chegam dos Hospitais e unidades de saúde de todo o Estado.

01

Junho Lilás: O Mês do Teste do Pezinho

O Dia Nacional do Teste do Pezinho é festejado na data de 6 de junho em todo o Brasil, em comemoração à criação do Programa Nacional de Triagem Neonatal (PNTN) pelo Ministério da Saúde, em 2001, o qual prevê o diagnóstico precoce e tratamento pelo SUS de doenças graves no recém-nascido.

A campanha “Junho Lilás” foi instaurada pela União Nacional dos Serviços de Referência em Triagem Neonatal (UNISERT) a fim de fortalecer esse importante programa. No Paraná, a Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional (FEPE) é a única instituição credenciada pela Secretaria de Saúde do Estado para a realização do PNTN.

O Teste do Pezinho é um exame realizado a partir do sangue coletado, preferencialmente, do pé do recém-nascido. Por meio dele, é possível detectar, de maneira efetiva, algumas doenças genéticas ou metabólicas que podem comprometer a saúde da criança.

Atualmente, o Teste do Pezinho é obrigatório em todo o território nacional. Na FEPE, é disponibilizado aos bebês o diagnóstico precoce, tratamento e acompanhamento, totalmente gratuitos, para as seguintes doenças: Fenilcetonúria, Hipotireoidismo Congênito, Fibrose Cística, Anemia Falciforme e outras hemoglobinopatias, Deficiência de Biotinidase, Hiperplasia Adrenal Congênita e outros cinco distúrbios de oxidação de ácidos graxos.

Além do Teste do Pezinho, o PNTN proporciona exames confirmatórios gratuitos para o recém-nascido, como por exemplo, o Teste do Suor, considerado padrão ouro na confirmação da Fibrose Cística.

As amostras de sangue coletadas nas Maternidades e Unidades de Saúde são encaminhadas para análise laboratorial na FEPE.  Atualmente, são triados mensalmente mais de 17 mil recém-nascidos no Estado. No ano de 2018, a instituição realizou 1.043.862 testes do Pezinho e 667 testes do suor.

Os casos suspeitos são encaminhados para consultas e exames confirmatórios pelo SUS, no ambulatório especializado da FEPE ou nos hospitais parceiros, onde atuam profissionais da Fundação.

Esse ano, o PNTN completa 18 anos. O objetivo da campanha é conscientizar a população sobre a importância da realização do teste nos primeiros dias de vida do bebê. A cor lilás foi escolhida com o intuito de representar tranquilidade e transformação.

Na última quinta-feira, 06/06, os funcionários do Laboratório e Ambulatório da FEPE, foram homenageados durante a comemoração do dia Nacional do Teste do Pezinho. Durante a Cerimônia a Coordenadora do Serviço de Referência em Triagem Neonatal do Paraná, Mouseline Torquato, falou sobre a importância do programa para os recém-nascidos e agradeceu a todos os colaboradores pelo trabalho de excelência.

O Presidente da instituição, Alexandro Luiz Barbosa, também parabenizou os funcionários do Laboratório pelo trabalho realizado e ressaltou a importância que isso tem para a história da FEPE. Os colaboradores foram presenteados com uma camiseta personalizada nas cores da campanha e um almoço especial acompanhado de um bolo especial.

A instituição contou com o apoio da Prefeitura Municipal de Curitiba, que iluminou, com a cor lilás, o prédio da Praça do Japão, na semana do dia 06/06. O Hard Rock Cafe, também aderiu a campanha e iluminou a sua fachada na terça-feira, 11/06.